Matérias

Game of Thrones: Saiba o que rolou no episódio de estreia da 8° temporada

Game of Thrones

Finalmente a espera acabou. Ontem foi ao ar o primeiro episódio da oitava e última temporada de Game of Thrones.

A sétima temporada foi transmitida em 2017 e os fãs mal podiam esperar para matar a saudade de seus personagens favoritos e saber o que vai acontecer após o Rei da Noite derrubar a Muralha de Gelo e iniciar a tão esperada guerra.

Consideramos o episódio morno e muitos fatos poderiam ter sido melhores explorados. A duração do mesmo também nos desapontou, já que em declarações recentes os produtores afirmavam que cada episódio seria como um filme. Passou voando.

Atenção para Spoilers!

A clássica abertura da série já indicava o que estava por vir, retratando a Muralha de Gelo no chão.

Logo no início do episódio vemos a chegada de Jon Snow (Kit Harington) e Daenerys Targaryan (Emilia Clarke) a Winterfell. Sob olhares desconfiados, o casal é recebido e lindamente os presentes se espantam com a grandiosidade dos Dragões.

Também notamos desde o começo que a relação entre a nova Lady de Winterfell – Sansa (Sophie Turner) – e a Mãe dos Dragões não será das melhores. Observamos que tanto Sansa como Daenerys estão mais preocupadas com títulos e posições do que com o que está por vir, bem expressado por Jon Snow em uma das cenas. Ambas demonstram vaidade e estão preocupadas em demarcar territórios, contudo, sabemos que algo bem mais grandioso as espera.

Os reencontros foram pontos altos do episódio, especialmente o de Jon e Arya (Maisie Williams). A cena foi bonita, deixando transparecer o afeto e relembrando a Arya menininha e sempre valente que vimos na primeira temporada. O reencontro entre Sansa e Tyron Lannister (Peter Dinklage) também teve sua beleza, com um diálogo repleto de lembranças e mostrando o amadurecimento da jovem.

Arya (Maisie Williams) e Jon Snow (Kit Harington)

A sequência entre Jon e Daeneryes montados nos dragões também foi bem bacana. Jon montou no dragão Rhaegal, que não coincidentemente venha ser o nome de seu pai verdadeiro. Neste ponto acreditamos que houve dispensável valorização cômica, como a parte que Daenerys se diverte vendo Jon “aprender” a dominar o dragão nos céus e a que o dragão observa o beijo dos dois. Esta cena teve sua graça momentânea, contudo, tirou a beleza e a grandeza do primeiro contato de fato de Jon com sua origem, materializada nos dragões.

A aparição de Cersei (Lena Headley) sempre é um deleite. A atriz consegue fazer com que grande parte do público ame odiar sua personagem. Sempre com classe e no tom certo, Lena nos brinda com a expressividade e arrogância que Cersei nos presenteia deste o início da série.

A cena em que Daenerys revela a Sam (John Bradley-West) que executou seus pais foi tocante, especialmente vendo a força que ele fazia para tentar não demonstrar sua tristeza.

Obviamente o ponto alto do episódio foi a revelação de que Jon Snow é na verdade Aegon Targaryen, herdeiro legítimo do Trono de Ferro. O questionamento que Sam fez a Jon – “Você renunciou ao trono por ela. Ela faria o mesmo?” – foi completamente pertinente e provavelmente precede muitos desentendimentos entre o casal (Daenerys e Jon).

A preocupação de Sansa e Arya com a lealdade familiar também foi bonita, seguindo os ensinamentos que Ned Stark (Sean Bean) deixou.

A semelhança entre o símbolo dos Mortos e o da Casa Targaryen também se fez presente na cena em que o jovem Umber morre.

Game of Thrones, 8° temporada

Por fim destacamos a chegada de Jaime Lannister (Nikolaj Coster-Waldau) em Winterfell, dando de cara com Bran Stark (Isaac Hempstead-Wright). Por falar no jovem Stark, ele se mostrou misterioso durante todo episódio, quase sem emoção (não é uma crítica à atuação, mas o momento do personagem na série).

o próximo episódio marca o encontro entre Jaime e Daenerys (veja abaixo o comercial).

Game of Thrones 8×2

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 594 outros assinantes

Movie Aholic no Instagram

Quer aprender a programar?